DEDETIZADORA.

Introdução

FICHA TÉCNICA
Ramo de Atividade: Prestação de Serviço
Tipo de Negócio: Dedetizadora
Serviços: Dedetização contra ratos, carrapatos e insetos diversos, tais como cupins, baratas, pulgas, traças, formigas , moscas e outros.

APRESENTAÇÃO. Os mais destemidos tiram os pés do chão quando a vêm marchando, os mais honestos simplesmente entram em pânico. Com a chegada do verão, os lares são atacados por aquele monstro asqueroso chamado barata. Só de pensar dá arrepios. Isso sem falar nos cupins. Esses, sim acabam literalmente com sua casa. Bem, isso para não falar nas baratas, ratos e aranhas. Enfim, enquanto a polícia não toma uma providência contra esses delinqüentes, as pessoas contam com uma arma valiosa: os profissionais da dedetização e seus poderosos (contra os insetos) inseticidas. Sua missão é matar baratas, mofos e microorganismos nocivos, ratos e cupins. Os dedetizadores de hoje utilizam venenos muito mais eficazes e muito menos nocivos para o homem que os utilizados antigamente, quando era preciso que os moradores saíssem de casa até que passasse o cheiro.

OBJETIVO. O principal objetivo é o combate aos insetos nocivos. No entanto, esse tipo de empresa pode estender suas atividades para outros segmentos, como por exemplo a limpeza e desentupimento de fossas e esgotos, limpeza e eliminação de mofos e microorganismos nocivos, desratização e eliminação de cupins.

O QUE FAZ. Apesar de pertencer ao setor privado, a dedetizadora representa uma empresa de utilidade pública. Os serviços que presta consistem, basicamente, na aplicação de produtos químicos especiais para combate a insetos, ratos e demais elementos nocivos à saúde e higiene da população. A empresa deve ser estruturada de forma a estar apta para prestar atendimentos de emergência em qualquer tipo de local, oferecendo rapidez e garantia.

PÚBLICO-ALVO. Residências, sítios, empresas em geral, plantações, depósitos, terrenos baldios, portos, etc.

LOCALIZAÇÃO. Não é importante, mas é fundamental que o espaço esteja adequadamente organizado.

INVESTIMENTOS. Irá variar de acordo com a estrutura do empreendimento, sendo que este gira em torno de R$ 70.000,00.

ESTRUTURA FÍSICA. Deverá ser dividida entre uma pequena área reservada ao escritório e outra para o depósito de materiais e equipamentos, onde também será executado o preparo dos produtos químicos.

EQUIPAMENTOS. Os equipamentos básicos são:
- Pulverizadores manuais para aplicação de inseticidas líquidos;
- Termonebulizador (aparelho que aplica o inseticida em forma de fumaça);
- Polvilhadeira (aparelho para aplicação de raticida em pó);
- Materiais de expediente e imobiliários, etc..
OBS. Como medida de prevenção e parte obrigatória do sistema de segurança no trabalho, que o agente de dedetização tome pelo menos um copo de leite - fornecido pela empresa- a cada sessão de aplicação dos químicos. Além é claro do cumprimento das exigências feitas pela Secretaria de Saúde, que exige que o agente de pulverização use: máscara oxigenadora (para evitar inalação de inseticidas), macacão de tecido reforçado, botas de borracha, luvas de couro ou borracha macia, capacete ou touca de tecido reforçado.

INVESTIMENTO. É relativamente baixo, o investimento inicial estará considerando a compra dos equipamentos especiais utilizados no preparo das formulações específicas para cada tipo de inseto ou elemento nocivo. A projeção é de que o investimento gire em torno de R$ 4 mil.

MÃO DE OBRA. O número de funcionários irá variar de acordo com a estrutura do empreendimento, porém o número mínimo de funcionários é em torno de 05 (cinco), distribuídos entre as áreas administrativas e operacionais.
O quadro funcional deve ser composto de:
- Agentes dedetizadores;
- Assistente de vendas;
- Químico responsável;
- Faxineira;
- Auxiliar administrativo.
Agente. O agente de pulverização recebe da própria dedetizadora e também do fabricante dos produtos químicos, treinamento adequado para utilização dos mesmos. Ele deverá ainda receber noções de primeiros socorros para casos de envenenamentos ou inalações acidentais. A fim de que o treinamento seja absorvido adequadamente é importante que o agente tenha concluído o 1ºgrau,o que inclusive contribuirá para o correto preenchimento dos relatórios do material consumido a cada serviço concluído;
Químico. Profissional imprescindível no preparo dos inseticidas líquidos. O químico deverá ser mantido como contratado da empresa. Mas imprescindível mesmo, é cuidar dos aspectos legais que envolvem, principalmente, o cargo do agente de pulverização, já que a legislação trabalhista estabelece algumas determinações específicas para o cargo.

MATÉRIA PRIMA. São basicamente produtos químicos diversos utilizados na composição das fórmulas dos venenos. A aquisição desses produtos deverá ser bem planejada, já que variará de acordo com as características do estabelecimento e especialmente dos hábitos de consumo da clientela.

QUANDO OS INSETOS MAIS ATACAM. Os meses de maior calor favorecem a reprodução de todos os insetos. No caso dos cupins, a melhor época para fazer a prevenção é antes do fim do inverno.

CONHECENDO O “INIMIGO”.
INSETOS.
- Mosca Doméstica
* Características. Adultas apresentam coloração acinzentada com faixas longitudinais mais escuras no tórax; Aparelho bucal sugador labial, possibilitando ingestão de alimentos liqüefeitos 6 a 9 cm; Número de ovos por fêmea: 350-900; Longevidade de adultos 3-10 dias; Capacidade de vôo; substratos alimentos açucarados, carne, excrementos, matéria orgânica em decomposição, ou meios em fermentação; Os ovos e as formas larvárias e adultas necessitam de diferentes medidas de controle em várias situações.
* Alimentação. São atraídos para onde houver resíduos ou odores de alimentos ou excrementos.
* Habitat. Despensas e áreas de preparo de alimento são os principais focos de concentração de insetos. Lixeiras externas e depósitos de materiais são outros pontos de infestação. A água é outro fator vital para a sobrevivência dos insetos. Muitas espécies habitam locais úmidos. Água estagnada em ralos entupidos, empoçamentos em áreas externas e calhas podem constituir focos potenciais de atração para os artrópodes. Os insetos necessitam de local para moradia e esconderijo. Não raro, podem alojar-se em frestas que não excedem ao tamanho de um palito de fósforo. Nos ambientes externos, os insetos procuram esconderijo em pilhas de madeiras, ao redor das instalações, nas plantas em decomposição e na vegetação próxima a paredes e muros. Isso quer dizer que onde houver pessoas, haverá oportunidades para a infestação de insetos e nenhum programa de controle poderá ser bem sucedido sem a colaboração do cliente.

- Cupins.
* Características. A exemplo das formigas, os cupins são socialmente organizados e cada integrante possui uma função pré-definida (operários, soldados, reprodutores e reprodutores substitutos). Comprometem construções de concreto, esburacando e destruindo estruturas de madeira da construção, criando vãos e danificando instalações elétricas. São capazes de destruir um vigamento de telhado em poucas semanas. São também elementos causadores dos maiores prejuízos, tais como: desabamentos, incêndios, destruição. O cupim se reproduz em altíssima velocidade. Põe até um ovo a cada oito segundos e meio, em média, isso dá 10.000 ovos em um dia e 3,6 milhões no final de um ano. Como a rainha - a responsável pela reprodução da espécie- vive em média vinte anos, isso significa outros 70 milhões de descendentes cupins. Entre eles, novas rainhas que deixarão o ninho para tentar criar novas colônias. É de enlouquecer !
* Habitat. Insetos primitivos e sociais, os cupins vivem em túneis fechados no solo, madeira ou estruturas suspensas em árvores ou arbustos. As colônias podem apresentar milhares de indivíduos, compreendendo 3 ou mais castas: sexuada, soldados e operários.
* Alimentação. Consomem celulose que, uma vez em seu aparelho digestivo é digerida por flagelados simbiontes lá existentes.
Dividem-se em dois grandes grupos:
- Cupins de madeira seca. Vivem em colônias pequenas; atacam móveis, livros, batentes, portas. Sua presença pode ser identificada através da presença de bolinhas fecais cujo a coloração pode variar conforme a tonalidade da madeira. A principal espécie desse grupo no Brasil é “Cryptotermes brevis”.
- Cupins Subterrâneos. Originários do subsolo ou de caixões perdidos entre estruturas de alvenaria. Podem ser identificados através da presença de túneis de terra percorrendo pontos de paredes e pisos. A espécie que caracteriza maior prejuízo no Brasil é “Coptotermes havilandii”.

- Baratas.
* Características. Uma barata entra em idade de reprodução aos 3 meses e vive pouco mais de um ano. De uma única fêmea fecundada podem originar-se 20.000 baratas. Elas transmitem várias doenças ao ser humano, tais como: tifo, desinterias, hepatites, leproses, alergias, dentre outras. Contaminam os alimentos através do contato do seu corpo, saliva ou excrementos. Existem vários tipos e alguns deles são:
- Barata Alemã. “Blattella germanica”.
* Características. Tempo de vida da fêmea adulta 180 dias; Tempo de vida da ninfa 93 dias; Tempo necessário para eclosão dos ovos 28 dias; Número de ootecas por fêmea 5;
Número de ovos por ooteca 40; Tamanho15 mm..
* Habitat. Canaletas de fiação elétrica suspensas, motores, painéis elétricos, revestimentos de forros, equipamentos e paredes, forros falsos, frestas, fendas. Preferências por locais quentes e que apresentem disponibilidade de água.
– Barata Americana. “Periplaneta americana”.
* Características. Tempo de vida da fêmea adulta 441 dias; Tempo de vida da ninfa 468 dias; Tempo necessário para eclosão dos ovos 57 dias; Número de ootecas por fêmea 58; Número de ovos por ooteca 16; Tamanho 40 mm.
* Habitat. Tubulações subterrâneas como fiação elétrica, esgoto, telefônica, aterramento, painéis, porões. Geralmente habitam locais úmidos e escuros.

– Aranhas.
Existem vários tipos de aranhas, porém destaca-se a:
- Aranha Marrom. “Loxoceles sp”.
* Características. Cor marrom escura, com tamanho em torno de 4 cm, pernas finas e abdômen (traseiro) grande. Constrói teias irregulares com aparência de algodão esfiapado. Alimenta-se de pequenos insetos como : formigas, pulgas, traças, cupins, ninfas de baratas, etc.
* Habitat. Locais quentes, secos e escuros tais como casca de árvores, folhas secas, buracos de tijolos, muros velhos, telhas empilhadas. Dentro de casa podem se esconder atrás de quadros, cortinas, armários, no meio de livros caixas de papelão e outros lugares pouco mexidos e sem limpeza freqüente. Dona de hábitos noturnos, a aranha marrom também pode esconder-se em roupas penduradas, toalhas, roupas de cama, sapatos, etc. Os acidentes acontecem quando as pessoas sem perceber, encostam na aranha ou a comprimem contra o corpo.

RATOS
- Camundongo. “Mus musculus”.
* Características. Possui entre 6 e 9 cm de comprimento (cabeça e corpo); coloração cinza, castanho ou até branco; Orelhas relativamente grandes e corpo esguio; Atinge maturidade sexual aos 35 dias; Sua gestação dura 19 dias; Tem uma média de 6 filhotes por ninhada e entra no cio 8 vezes ao ano.
* Habitat. Prefere, normalmente, áreas internas, onde forma ninhos em materiais macios. Apresenta hábitos noturnos.

– Ratazana. “Rattus norvegicus”.
* Características. Tem 22 cm de corpo e 11 cm de cauda; Pesa 400 g; Apresenta coloração castanho amarelada com alguns pêlos pretos no dorso; Possui olhos e orelhas pequenas em comparação ao corpo; Arrasta a cauda ao andar, produzindo rastro característico; Alcança maturidade sexual com 120 dias; Sua gestação dura 23 dias; Tem uma média de 8 filhotes por ninhada; Entra no cio 6 vezes ao ano; São excelentes nadadores; Apresentam atividade noturna.
* Habitat. Constrói ninhos em tocas escavadas no solo.

– Rato Preto ou Rato de Telhado. “Rattus rattus “.
* Características. Mede entre 17 e 20 cm (cabeça e corpo); Possui coloração que varia entre o preto e o cinza; Focinho afilado, orelhas e olhos grandes, cauda longa (maior que o corpo); Alcança maturidade sexual com 100 dias; sua gestação dura 22dias; tem uma média de 7 filhotes por ninhada; Entra no cio 5 vezes por ano.
* Habitat. O fato de possuir grande habilidade em escalar e apresentar excelente equilíbrio, torna possível ao “Rattus rattus” habitar regiões elevadas como telhados, cordas, cabos e canaletas. Apresenta atividade noturna.

O PROCESSO. Existem dois tipos de dedetização, o por medidas diretas e o por medidas indiretas.
– Medidas Diretas. Uso de iscas e armadilhas para monitoramento da infestação; Mapeamento e documentação das áreas problemáticas consideradas importantes; Aplicação de inseticidas e rodenticidas de última geração; Vedação de frestas e vãos, interna e externamente; Elaboração periódica de relatórios, oferecendo aos clientes instrumentos que lhes permitam melhor avaliar a execução dos trabalhos.
– Medidas Indiretas. Propostas e monitoramento do controle de umidade, iluminação e circulação de ar; Modificações do ambiente externo, no perímetro das edificações; Acompanhamento de manutenção de calhas, ralos e bueiros, com uso de telas protetoras; Orientação e acompanhamento no manejo da vegetação.

MEIOS. Os processos existentes no mercado variam na forma e no método de aplicação, que varia conforme a praga a ser combatida, além das condições do ambiente infectado. Os métodos mais comuns são:
- Iscas (granulados);
- Pulverização (material líquido);
- Massa natural (processo japonês).

COMO ELIMINÁ-LOS.
- Insetos. O processo utilizado pode ser a pulverização líquida à base de piretróide e organo­fosforado, em proporção de 1:10:100. Esse desinsetizador elimina pela fixação. É que logo após a aplicação, o desinsetizador cristaliza-se rapidamente, eliminando o inseto por contato ou ingestão. Esse método proporciona maior eficácia e segurança. Ao não deixar que escape nenhum inseto é possível, através desse método, destruir uma infestação, eliminando inclusive as larvas.
- Cupins. O primeiro passo para combater os insetos nas casas já atacadas é identificar o tipo e a extensão da colônia. Esse diagnóstico - realizado unicamente por um técnico - é essencial para definir o tratamento, conta o biólogo Antonio Tadeu Lelis, consultor da divisão de produtos florestais do Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo. Além de atacar a madeira, os cupins procuram também livros, caixas de papelão e qualquer outro material à base de celulose, sua fonte de alimento. A espécie que faz ninhos subterrâneos invade as casas e os apartamentos através das frestas que encontra na estrutura, na busca por alimento, sobe pelos canos da rede elétrica e destrói o que encontra pela frente.
Também aproveita pequenas falhas no concreto e nos tijolos e pode destruí-los.
Da mesma forma que o diagnóstico, a aplicação (com vistas ao combate ou à prevenção) de venenos deverá ser feita exclusivamente pelo profissional qualificado. Móveis que recebem o veneno contra o cupim de madeira devem ficar isolados por pelo menos 48 horas. É também desejável - apesar de já existirem produtos que não exijam essa providência - que residências tratadas contra o cupim subterrâneo sejam desocupadas por um dia.
Com o objetivo de controlar a infestação, devem ser realizadas as seguintes operações:
* Tratamento de Conduítes: Injeção de cupinicida em pó (pertencente ao grupo químico dos piretróides) em todos os conduítes de todos os apartamentos e áreas comuns;
* Tratamento do Madeiramento: Batentes e guarnições das portas, armários e molduras de gesso de todos os apartamentos em áreas comuns, através da injeção de cupinicida líquido à base de clorpirifos a 2% de CE (pertencente ao grupo químico dos organofosforados);
* Abertura e Prospecção de Lajes Duplas (caixões perdidos, existentes entre um andar e outro dos apartamentos) e Shafts Hidraulicos se fará necessário à medida que no decorrer do tratamento, nossos operadores constataram uma grande possibilidade da existência de um cupinzeiro.
Todos os produtos tóxicos devem estar devidamente registrados no Ministério da Saúde e a empresa deverá ter disponível em suas instalações tratamento médico eficaz para casos de intoxicações.
- Baratas. Os inseticidas domésticos estão mais eficientes e menos nocivos à saúde, mas para eliminar os insetos, o mais eficiente é recorrer a profissionais da dedetização, já que inseticidas em aerossol matam o inseto, mas não agem sobre o ninho. Eles são mais úteis contra as moscas e os pernilongos.

PROPAGANDA. Uma sugestão é distribuir lista com o nome dos clientes atendidos (desde que estes o permitam), podendo inclusive constar endereço e telefone. É uma forma de checar a satisfação dos seus clientes, ligue para um ou dois e verifique, pergunte sobre os resultados para checar se foram bem atendidos. O próprio Alvará de expedido pela Vigilância Sanitária Municipal é uma boa propaganda, já que muitas pessoas preferem empresas que tenham o Alvará para encomendar serviços. Outra forma de cativar o cliente é mantê-lo informado acerca das maneiras de evitar aborrecimentos. Sugere-se a elaboração de um impresso com dicas sobre as formas de manter toda essa fauna longe de casa, ou ainda, a divulgação de notícias e pareceres de especialistas.

CERTIFICADO DE GARANTIA. Este é um diferencial a ser oferecido, mas cada vez mais as empresas o oferecem. Algumas verificam de três em três meses, durante um ano, se o trabalho surtiu efeito e se os “inimigos” não voltaram.

Legislação Específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
- Registro na Junta Comercial;
- Registro na Secretária da Receita Federal;
- Registro na Secretária da Fazenda;
- Registro na Prefeitura do Município;
- Registro no INSS;(Somente quando não tem o CNPJ – Pessoa autônoma – Receita Federal)
- Registro no Sindicato Patronal;
- Registro na Secretaria Municipal de Saúde;

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar seu empreendimento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento.
Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990).
Periodicamente, a Secretaria de Saúde da Prefeitura fiscaliza empresas ligadas ao setor.

Fornecedores
Equipamentos
Rhodia Agro Ltda
Av. Maria Coelho Aguiar, 215 - Bloco B - 1º and. – São Paulo – (SP)
05805-00
Tel. (11) 3741 8959 / 3741 7982

Agrodisa Comercial Ltda
R. Tupis, 2622 - Santa Rita – Santa Bárbara do Oeste – (SP)
13457-100
Tel. (19) 463 2954

Endereços na Internet:

Federação Brasileira das Empresas de Asseio e Conservação
http://www.febrac.com.br/

Empresa do ramo
http://www.italimp.com.br/tecnolog.html

Empresa do ramo
http://www.superdream.com.br

Ministério da Saúde
http://www.saude.gov.br/

BIBLIOGRAFIA
- Pesquisas Tips - Sebrae - Pequenas Empresas, Grandes Negócios - IPT - Tudo (Folha de S.Paulo) - Negócios (O Estado de S. Paulo) - Empreendedor - Exame SP - Exame - Tudo - Estado de Minas - Marketeer - Google - Wikipédia - Ministério do Trabalho e Desenvolvimento
Esse arquivo foi gentilmente enviado por usuários do Emprega Brasil. Caso tenha arquivos que contribuam com a empregabilidade ou rentabilidade, nos envie através do e-mail: arquivos@empregabrasil.org.br




Emprega Brasil | © 2013 Todos direitos reservados. Brasil