CONFECÇÃO DE LEMBRANCINHAS DE ANIVERSÁRIO

Introdução

FICHA TÉCNICA
Setor da economia: Secundário
Ramo de atividade: Indústria
Produtos: jogos americanos, jogos-da-velha, copos personalizados, porta-trecos, minivasos, saquinhos porta-biquíni, risque-rabisque e pranchetas decoradas

APRESENTAÇÃO. Aniversário de criança é um acontecimento que passa imune às piores crises econômicas, afinal, qual pai e mãe não quer fazer uma festa inesquecível para seu pimpolho? Agora, só para colocar mais um pouquinho de “lenha nessa fogueira”, é bom lembrar que para a maioria das crianças, ir a uma festa e não sair com uma lembrancinha é o mesmo que cantar parabéns e não comer bolo. Haja criatividade para descobrir algo que seja, ao mesmo tempo, atraente e se ajuste ao orçamento.
Felizmente, hoje já existem pessoas que dedicam-se à essa árdua tarefa. São empreendedores que viram na confecção de lembrancinhas um boa oportunidade de negócios. Alguns inclusive já alçam vôo no atendimento à empresas, mas as maiores inovações têm acontecido nos convites e nas lembranças. A imaginação impera nesse ramo e o céu é o limite. Só para ter uma idéia, existem festas em que os convidados recebem lembrancinhas antes e depois.

MERCADO. Embora esse seja um mercado bastante concorrido, acredita-se que ainda há espaço, principalmente fora dos grandes centros, para quem desenvolver peças baratas e lúdicas.

ESTRUTURA. Este empreendimento não exige uma área muito grande, 10 m² é o suficiente para se manter a linha de produção.

EQUIPAMENTOS. Os equipamentos básicos são, os equipamentos utilizados na confecção das lembranças (colas, tesouras, estiletes, etc.), e os de apoio administrativo (telefone, fax, computadores, etc).

INVESTIMENTO. Irá variar de acordo com a estrutura do empreendimento.

OS PRODUTOS. Vão de jogos americanos, mochilas, porta-lápis, quebra-cabeças, jogos-da-velha, porta-trecos, minivasos, saquinhos porta-biquíni, risque-rabisque e pranchetas decoradas, etc.

MATÉRIA PRIMA. Usa-se os mais variados produtos na confecção das lembrancinhas, tais como: Borracha EVA colorida, papéis, alumínio, vidro e tecidos, etc.

PÚBLICO. São bufês (infantis e de casamento), pessoas que oferecem chás-de-cozinha e de bebê e até mesmo brindes personalizados para empresas.

PROPAGANDA. A principal é a feita boca-a-boca, mas pode ser reforçada com a inscrição do nome e do telefone da empresa em algum cantinho discreto da lembrancinha.

VANTAGENS. Algumas vantagens que este empreendimento apresenta:
- Facilidade e custo, relativamente baixo, para abrir uma empresa no ramo;
- Os pequenos empresários tem a possibilidade de poder começar a fazer os produtos artesanalmente para, depois de conquistar o mercado, industrializar-se.

DICA DE SUCESSO. Sobressair-se nesse segmento, porém, exige mais do que um produto diferenciado. É preciso prestar um atendimento personalizado, caprichar na embalagem, surpreender o cliente com qualidade e pontualidade e, especialmente, manter os custos sempre na ponta do lápis. O segredo do sucesso, muitas vezes está em aliar simplicidade com criatividade. Afinal, quem não gosta de impressionar gastando pouco ?

IDÉIAS. Cada uma das etapas da festa pode ser inédita e o empreendedor voltado para esse ramo de negócio deve estar atento para cada uma dessas oportunidades. Abaixo estão listadas algumas sugestões de lembrancinhas:
- Lembrança Viva. Inovar nas lembrancinhas também pode ser uma boa idéia. Um exemplo são as festas baseadas nos temas relacionados aos animais, como por exemplo a "Pequena Sereia", onde cada convidado infantil leva para casa, num aquário (também vale no saquinho plástico), um peixinho para recordar da festa, a também o tema "Fazenda", a sugestão é oferecer como lembrancinha pintinhos devidamente "engravatados" ou com laços de fita.
- Convites. É certo que muitos temas se repetem, mas cada festa é diferente, um bom exemplo dessa exclusividade são os convites. Trabalhando ainda com o tema "Fazenda", a sugestão é o convite quebra-cabeça que ao ser montado, vai formar os dizeres do convite (também exclusivo para cada aniversariante) e deverá ser entregue numa cesta de vime (como se fosse um cesto para ovos) com seu nome.
A entrega, por exemplo, pode ser transformada em produto. Numa festa em que o tema é "Dálmatas", pode-se contratar atores que entregam os convites vestidos como dálmatas. O único problema será descobrir o horário em que cada uma das crianças convidadas estará em casa para receber o convite das mãos do personagem. A idéia é criar expectativa e fazer com que o convidado aguarde ansiosamente o momento da festa, que tem tudo para ser marcante.
- Fantasia. Fantasiar os convidados de acordo com o tema da festa é outra idéia, como por exemplo, ainda seguindo com o tema "Fazenda", a sugestão é criar uma fantasia para cada um dos convidados mirins. Serão porquinhos, vaquinhas ou cavalinhos, todos marcando presença graças a um inventivo boné, com aplicações de espuma. Festas inspiradas em super-heróis também entram nesse clima. Na festa do Batman, meninos podem receber, já na entrada, uma fantasia de batman e as garotas de mulher-gato.
- Salgados. Os salgados também não escapam da fúria temática e aí também inovação é a palavra-chave. Neste caso, os salgados deverão seguir a tema, como por exemplo, com o tema "Dálmatas", os salgadinhos e sanduíches deverão ter formatos de ossos, tina de banho ou dos próprios dálmatas.
- Antes e Depois. Os convidados recebem lembrancinhas antes e depois.

Legislação Específica

Torna-se necessário tomar algumas providências, para a abertura do empreendimento, tais como:
- Registro na Junta Comercial;
- Registro na Secretária da Receita Federal;
- Registro na Secretária da Fazenda;
- Registro na Prefeitura do Município;
- Registro no INSS;(Somente quando não tem o CNPJ – Pessoa autônoma – Receita Federal)
- Registro no Sindicato Patronal;

O novo empresário deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar seu empreendimento para obter informações quanto às instalações físicas da empresa (com relação a localização),e também o Alvará de Funcionamento.
Além disso, deve consultar o PROCON para adequar seus produtos às especificações do Código de Defesa do Consumidor (LEI Nº 8.078 DE 11.09.1990).

BIBLIOGRAFIA
- Pesquisas Tips - Sebrae - Pequenas Empresas, Grandes Negócios - IPT - Tudo (Folha de S.Paulo) - Negócios (O Estado de S. Paulo) - Empreendedor - Exame SP - Exame - Tudo - Estado de Minas - Marketeer - Google - Wikipédia - Ministério do Trabalho e Desenvolvimento
Esse arquivo foi gentilmente enviado por usuários do Emprega Brasil. Caso tenha arquivos que contribuam com a empregabilidade ou rentabilidade, nos envie através do e-mail: arquivos@empregabrasil.org.br




Emprega Brasil | © 2013 Todos direitos reservados. Brasil