FÁBRICA DE BIJUTERIAS.

Introdução

FICHA TÉCNICA

Ramo de Atividade: Fábrica de Bijuterias
Tipo de Negócio: Fabricação e comercialização de bijuterias
Setor da Economia: Secundário
Número de Empregados: 5 funcionários (1 administrativo e 4 operacionais)

Enfeitar-se usando os mais variados objetos, dos mais diversos materiais, sempre fez parte de todas as culturas. O ser humano é, antes de tudo, um animal vaidoso, que busca na natureza e em outros objetos elementos que possam ressaltar suas qualidades naturais.
Assim, os povos primitivos utilizavam penas de pássaros, ossos e dentes de animais, plantas e tudo mais que os fizessem sentir-se belos e poderosos.

MERCADO. O primeiro e mais importante passo para o planejamento de uma empresa é a identificação do seu público alvo. O seu consumidor, ou melhor, o seu cliente, é a razão de ser do seu negócio. No ramo de bijuterias, o importante é estar atento ao mundo da moda e acessórios. Saber quais as últimas tendências de cada estação ajuda bastante na hora de definir a linha de produção. Por exemplo, não adianta nada querer lançar uma linha de balangandãs “a la Carmem Miranda” em pleno inverno, quando a moda das roupas segue um estilo mais sóbrio e comportado.

LOCALIZAÇÃO. Uma coisa que você deve levar em conta na hora da escolha do ponto é que a sua maior preocupação deve ser com a área destinada à produção, uma vez que, como fábrica, suas vendas devem ser concentrar no atacado e não no varejo Ainda assim, é conveniente que seu estabelecimento fique bem localizado, de modo que você tenha uma opção de deixar um espaço reservado para as vendas no varejo, o que pode atrair mais clientes para o seu produto.
O ponto perfeito nem sempre corresponde ao imóvel ideal. Para o pequeno empresário, a não ser em situações especiais, é melhor alugar do que comprar uma loja. Os riscos são menores e sobrará mais dinheiro para os investimentos. Na hora de escolher o imóvel, considere o tamanho, as condições gerais de pintura e piso, as instalações elétricas e hidráulicas.

PRODUÇÃO. Para se produzir e comercializar bijuterias, o empresário precisa ter conhecimento sobre o assunto. Na maioria dos processos de produção, a falta de técnicas adequadas provoca problemas, como a ausência de qualidade e conseqüente perda de credibilidade do produto.
O processo de produção de bijuterias varia muito de peça para peça e de uma fábrica para outra. Garantir a beleza e a qualidade das peças que se vai oferecer no mercado é a melhor forma de conquistar novos clientes. O primeiro passo para produzir uma peça é identificar a diferença de cada peça, por exemplo a montagem de um colar: pode ser uma coleira, uma gargantilha na altura da garganta, em torno de 40cm, colara na altura do colo, em torno de 60 cm; “soutoir” longo sem fecho, no mínimo 80 cm... e assim por diante. O empreendedor deve lembrar que seu produto é seu melhor cartão de visitas.

PEÇAS. Assegurar a exclusividade das peças produzidas por sua fábrica pode garantir um diferencial, que fará com que você se torne conhecido rapidamente no mercado e adquira credibilidade.
Uma forma de você garantir, senão a exclusividade de cada peça mas, pelo menos, a originalidade de cada linha que lançar no mercado, é contratar o trabalho de um designer. Se você levar jeito para a coisa, o ideal é que você mesmo se especialize em cursos próprios e se torne o designer de sua fábrica.

MÃO-DE-OBRA. Uma dica é proporcionar aos funcionários a oportunidade de fazer cursos especializados no setor, em escolas próprias. Ao oferecer o treinamento, você estará incentivando o funcionário, que valorizará cada vez mais a empresa onde trabalha.
Na hora da seleção do pessoal, o principal critério que deve ser adotado por você na escolha dos funcionários é verificar se o candidato em questão tem alguma afinidade com o produto e com o público com o qual vai tratar e, principalmente, se tem disposição para aprender. Você deve verificar se os candidatos são criativos e têm senso de responsabilidade. Boa educação e habilidade no tratamento com o público, como já comentamos anteriormente, são requisitos importantes.
Os salários dos funcionários devem corresponder, no mínimo, ao piso salarial da categoria na região, definido por acordo coletivo. Mas normalmente eles são um pouco maiores do que isso, estabelecidos pelos próprios mecanismos de mercado.

FORNECEDOR. Em todo tipo de negócio, o bom relacionamento com os fornecedores é vital para o sucesso. O resultado do seu empreendimento vai depender, em grande parte, dos seus fornecedores, especialmente os de matéria-prima. Para as pequenas empresas, o ideal é que as compras sejam feitas junto a distribuidoras de produtos, já que, para vendas diretas, as indústrias exigem uma cota mínima de mercadorias, normalmente superior às suas necessidades. É importante que o empreendedor identifique o fornecedor adequado para cada tipo de material utilizado na confecção das bijuterias.

FORNECEDORES:

EQUIPAMENTOS E MATÉRIAS-PRIMAS

. INDÚSTRIA DE BIJOUTERIAS SIGNO ARTE LTDA.
R. Tomaso Tome, 350, Olímpico, São Caetano do Sul – SP
CEP 09571-340
Fone: (0xx11) 4232-6344 Fax: (0xx11)4232-6629
Site: http://www.signoarte.com.br Email: signoarte@signoarte.com.br

. LASKANI IMPORTADORA LTDA.
R. Com. Abdo Schahin, 218 – 2º Andar
Centro – São Paulo – SP
Tel.: (0**11) 3311 8676

ACESSÓRIOS - Miçangas, canutilhos, cristais, etc...

DIVINO INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO
END.: Rua Óbidos. 141, Valqueire, RIO DE JANEIRO - RJ
CEP 21331-550
Fone: (0_21) 350-7842 Fax: (0_21) 359-8942

NELCI BIJOUTERIAS LTDA
END.: R 25 de Marco 641, Centro, SÃO PAULO - SP
CEP 01021-200
Fone: (0_11) 229-0696 Fax: (0_11) 229-0696

Endereços na Internet:

http://www.fiemg.com.br/sindicatos/ajomig/indexa.html

Shopping Virtual
http://www.shoppingbijoux.com.br/

Cursos - Disk Biju
http://diskbiju.com.br/

http://www.fergra.com.br

http://www.ibgm.com.br/form.htm

BIBLIOGRAFIA
- Pesquisas Tips - Sebrae - Pequenas Empresas, Grandes Negócios - IPT - Tudo (Folha de S.Paulo) - Negócios (O Estado de S. Paulo) - Empreendedor - Exame SP - Exame - Tudo - Estado de Minas - Marketeer - Google - Wikipédia - Ministério do Trabalho e Desenvolvimento
Esse arquivo foi gentilmente enviado por usuários do Emprega Brasil. Caso tenha arquivos que contribuam com a empregabilidade ou rentabilidade, nos envie através do e-mail: arquivos@empregabrasil.org.br




Emprega Brasil | © 2013 Todos direitos reservados. Brasil